Estúdio de Animes - Pierrot

Naruto, Pierrot, Bleach, Pierrot, Yu Yu Hakusho, Pierrot, sim o Studio Pierrot é responsável por séries que estouraram não só no Japão como no mundo, conseguindo emplacar uma lista de animes para TV e filmes longa-metragem, além de conseguir contratos internacionais de peso.

Com séries shounens gigantesca e com muita ação esse estúdio se tornou um dos maiores estúdios de animes. Enquanto por exemplo o  Studio Ghibli levou anos para conseguir invadir a indústria cinematográfica americana, Pierrot mostrou que era muito mais fácil de derrubar as barreiras culturais, começando por conquistar antes a base: os pirralhos. Centrando-se em séries que manteve crianças viciadas semanalmente em vez de filmes que só iriam brilhar uma vez  nos cinemas, eles foram capazes de fazer a ponte do Oriente pro Ocidente.  Studio Pierrot  também ganhou Animage Anime Grand Prix Awards com Saiyuki e YuYu Hakusho.

História

O Studio Pierrot foi fundado em 1979 por Yuji Nunokawa e ex-funcionários de Tatsunoko Production e Mushi Production. Pierrot  adquiriu uma reputação se especializando no gênero "magical girl"  como Creamy Mami e  Tokyo Mew Mew. No logotipo da companhia a face de um palhaço. Seu nome, Pierrot vem do japonês  que significa palhaço. Esta palavra é derivada do francês Pierrot, que é um tipo de palhaço da Commedia dell'arte.

Um Breve Retrato do Estúdio Tatsunoko

Tatsunoko Production foi fundado em 19 de outubro de 1962 por Tatsuo Yoshida, considerado pioneiro na produção de animes, juntamente com seus irmãos Kenji e Toyoharu (mais conhecido como Ippei Kuri). O estúdio Tatsunoko tem se destacado pelas suas produções televisivas competindo de igual para igual com a famosa Toei Animation, são responsavéis por várias animações com Pinóquio, Speed Racer, Video Girl Ai, Beyblade, [C]: The Money of Soul and Possibility Control...

O nome da empresa tem um duplo significado em japonês, a palavra em japonês “tasunoko” (tatsu-no-kô) pode ser interpretada como "filho de Tatsu", que no sentido figurado poderia a empresa significar como um filho de seu criador Tatsuo ou então mais literalmente que também pode significar "filho do dragão" (ou pequeno dragão), o que pode levar ao logotipo da empresa, que numa interpretação mais poética estar simbolizado pelo animal marinho. Os primeiros trabalhos da empresa foram adaptações de histórias em quadrinhos de super-heróis, mas a partir de 1965 iniciou as produções de animes como mídia de massa (Televisão) e seu primeiro sucesso foi Uchuu Ace, conhecido como Space Ace nos Estados Unidos. O desenho foi exibido no Brasil na década de 70 com o nome, Ás do Espaço.

Em 1982 o estúdio Tatsunoko alcançou outro grande sucesso com a série Macross que mostrava batalhas especiais e robôs. Em 1987 fez outro sucesso com a série Zillion e Shurato em 1989. Em 2002, a Tatsunoko perdeu judicialmente os direitos sobre a série Macross, que ele havia desenvolvido em 1992 sob encomenda do Studio Nue.Mais tarde o Studio Nue, em parceria com a empresa Big West, detentora dos direitos sobre a marca Macross, entraram na justiça acusando o estúdio Tatsunoko de venderam em 1983 os direitos sobre o anime para a empresa norte-americana Gold Harvest sem possuírem direitos e poderes para tal.Esse problema todo acabou gerando a proibição de qualquer outra empresa, inclusive a Big West de comercializar no solo norte-americano, todo e qualquer produto contendo a marca Macross.

Muitas grandes nomes da indústria do anime tem passado pela Tatsunoko Production que deu origem a vários estúdios de animação, como Ashi Productions, Studio Pierrot, Production I.G (fundada como IG Tatsunoko, ramo da Tatsunoko), Bee Train e Xebec, produtora de Martian Successor Nadesico e Love Hina.

Voltando ao Pierrot...

Urusei Yatsura  foi o primeiro sucesso do estúdio, adaptação do mangá de Rumiko Takahashi. Studio Pierrot produziu títulos amados igualmente por meninos e meninas, Kimagure Orange Road, Fushigi Yuugi, Ayashi no Ceres, Great Teacher Onizuka, Blue Dragon, Yu Yu Hakusho, Bleach e claro Naruto são algumas das grandes obras que o estúdio produziu.

Creamy Mami foi o primeiro mahou shoujo produzido pela Pierrot, depois vieram Magical Emi, Magical Fairy Persia, Pastel Yumi e Fancy Lala. Creamy Mami (1983) é conhecido como um pioneiro de uma nova estratégia de marketing, "mídia mix". Usaram um anime para promover um novo cantor ídolo, menos conhecido. A real cantora ídolo era Takako Ohta, em Creamy Mami ela era também uma cantora ídolo. O tema de abertura Delicate ni Suki Shite foi também sua primeira música no mundo real. Apesar de Ohta ser uma nova cantora ela ainda não era uma seiyuu treinada, mas mesmo assim  ela dublou Yu/Creamy Mami. O resultado foi um grande sucesso. O anime Creamy Mami tornou-se famoso e Ohta ganhou uma popularidade tão grande que ainda existe até  hoje. Em 1999, Fuji TV show Kaishingeki TV Utaemon fez uma enquete para decidir qual é a musica tema antiga mais popular  para o público de 25 anos de idade, e Delicate ni Suki Shite ficou em primeiro.

Depois desse sucesso outros animes usaram essa mesma abordagem. Usar um anime para promover uma cantora, por si só, não era algo realmente novo, já havia Pink Lady Monogatari (1978), mas Pink Lady já era extremamente popular na época, essa é a diferença já que ela não ganhou popularidade através do anime, porque já a tinha. Creamy Mami então foi o anime  que  definiu o formato que seria usado para futuros títulos de mahou shoujo do estúdio Pierrot.

Toei e Pierrot

Comparando Pierrot com Toei, a Toei produziu pelo menos 16 títulos de anime que foram populares o suficiente para ter mais de uma centena de episódios de TV enquanto Pierrot produziu apenas uns 6 títulos que chegaram a pelo menos 100 episódios. Algo comum entre as duas são  que essas séries, as faladas "mainstream" são recheadas de  fillers. Esses episódios na maioria das vezes tem enredos  fracos e  horríveis, as vezes até a produção visual é por vezes prejudicada. Apesar disso  estas séries enormes, precisam deste preenchimento para a franquia se sustentar. Sendo elas populares como são a produtora não se pode dar ao luxo de quebrar o ritmo como nas séries mais curtas, logo os fillers acabam sendo necessário para tapar os buracos, o que acabam  as vezes estragando e prejudicando o enredo.

Nada de bom pra assistir?

 Great Teacher Onizuka


Onizuka Eikichi, 22 anos, ex-líder de gangue de motoqueiros. Principal objetivo de vida: dar aulas de estudos sociais e arrumar uma namorada. Faixa preta em karatê, cabelos pintados, brincos... certamente não é o modelo de professor ideal, ainda mais para os tradicionais colégios Japoneses. Entretanto, tamanha é sua determinação que ele consegue um emprego de professor, porém com estranhas condições. Lá, ele tem o desafio de conquistar seus alunos, que aparentemente sofreram algum trauma passado e farão de tudo para expulsá-lo e até mesmo matá-lo!

 Victorian Romance Emma


Londres, Século 19. Willian Jones, um membro da alta sociedade britânica encontra e se apaixona por Emma, e ela por ele. Entrentanto Emma é uma empregada, pertencente a baixa classe. Essa relação pode acabar levando ambos à ruína, devido as diferenças sociais que incomodam as pessoas da alta-sociedade.

 Juuni Kokki


Youko Nakajima é uma colegial exemplar, que está sempre tentando agradar aos outros. Ultimamente, uma série de pesadelos com estranhas bestas lhe pertubam o sono. Em um dia comum, Nakajima é surpreendida em sala de aula por um homem com vestes estranhas, este homem diz se chamar Keiki e ajoelhado aos seus pés lhe jura lealdade e diz que precisa levá-la a um outro lugar para protegê-la. Atoardoada pela situação estranha e sem entender o que está acontecendo, eles são atacados por um pássaro gigante, parecido com os que Nakajima via em seus sonhos.  Keiki foge com Nakajima para o terraço da escola, lá Nakajima se encontra com dois colegas de classe: Asano e Sugimoto, que acabam por se envolver na situação. Keiki entrega a Nakajima uma misteriosa espada e ordena que ela lute conta a besta, ela fica sem ação e indefesos contra a besta, Keiki invoca servos para que lutem contra o monstro. Não vendo mais saída, Keiki transporta os 3 para seu mundo - Os 12 Reinos - Em meio a viagem, todos acabam se separando.  Agora eles devem aprender a sobreviver em um novo mundo, repleto de magia, bestas, espadas e imortais.

 Hikaru no Go


Shindou Hikaru, aluno da sexta série, acha um jogo antigo no sótão da casa de seu avô. Vendo manchas de sangue no tabuleiro ele tenta limpá-lo, mas nesse momento um espírito sai de dentro do tabuleiro e une-se a consciência de Hikaru, mas sem subjugá-lo. Fujiwara no Sai, o espírito que vivia no goban (tabuleiro de Go), é o espírito de um excelente jogador que Go que viveu durante a era Heian. Ensinava o imperador na arte do Go, juntamente com um segundo tutor. No entanto, o segundo professor, disse não ser necessário dois mestres para ensinar e então um jogo entre os dois professores foi arranjado, de modo que o perdedor deveria deixar o império. Durante o jogo Sai percebe que seu adversário tentava trapacear, mas este menti dizendo que é Sai quem tenta roubar. Abalado pela trapaça Sai acaba perdendo o jogo e não agüentando a humilhação de ter seu nome manchado ele se suicida, no entanto seu espírito queria continuar jogando Go e acaba possuindo um tabuleiro. Junto com Hikaru, Fujiwara no Sai tenta alcançar o "Kami no itte" (mão de Deus), enquanto ensina Shindou Hikaru a arte do Go.

Lista de animes

Fontes: 1   2   3   4  5

About the author /


Related Articles

3 comentários

  1. Galvão

    Ouvi falar muito bem de Juuni no Kokki e Hiraku no Go... E GTO pra mim é a melhor comédia do mundo dos anime *.*!

    Mas é injustiça comparar Naruto com de One Piece, que ta chegando nos 600 episódios (praticamente o dobro de naruto)e deve ter no máximo uns 50 episódios fillers... Enquanto a obra do enrolão do Kishimoto tem uma saga inteira praticamente toda filler, Naruto "Enrolluuden" ¬¬...

  2. Nokome

    Juuni Kokuki é mt bom, mas agente só sente falta de uma coisa:romance, ñ espere a Youko se envolvendo com alguem -.-
    GTO até em dorama vc assistiu né?Ahuahuahu

    Pois é Galvão, Pierrot deveria aprender com a Toei a economizar um pouco nos fillers xD kkk

  3. Galvão

    Tenho esse dorama baixado a séculos, mas nunca me lembro de ver e quando me lembro não tenho tempo ¬¬...
    Mas bate aquele medo tb, de ser algo que deixe a desejar em relação ao anime, que é genial *.*

Post your comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *


*