Arquivo de etiquetas: It Started With a Kiss

love in tokyo

Itazura na Kiss - Love in Tokyo

Meu mundo deu uma volta e meia depois de saber que eu perdi a estreia do remake japonês de Itazura na Kiss. Desde que eu vi o anime, em conjunto com a versão Taiwanesa em 2006 (essa versão estreou em 2005), eu sou uma pequena fã da pequena Kotoko (quem disser que Kotoko não exige um pequena antes do nome não tem clareza psciológica(?)).

itazura

A versão Tawainesa, estrelada por Ariel Lin e Joe Cheng, foi o primeiro dorama Taiwanês que assisti. Eu confesso, não sou fã de doramas Tawaineses. Mas It Started With a Kiss não só faz parte dos meus favoritos, como também é o que conquistou meu coração para assistir o anime e ler o mangá. Depois desse pulo, jamais iria esquecer a história de alguém tão persistente (um pouco irritante) que consegue o amor de sua vida. Ainda que eu tivesse, enquanto acompanhava a história, minhas dúvidas sobre a sinceridade de alguns sentimentos.

It Started With a Kiss 1

Afinal, uma garota ser tão louca por alguém que a trata como um cachorro, faz sentido? No mangá, eu passei a acompanhar alguns sentimentos diferentes e algumas ligações mais fortes, mas ainda assim, como Kotoko podia gostar de alguém tão frio e calculista? Que ele fosse capaz de conquistar poucos com seu jeito, eu entendia, mas daí a não desistir de alguém como Irie... (Oh sim... ela é um pouco burra, mas ainda assim não entrava na minha cabeça). Ok ok, tanto faz. O que importa é que, foi amor, puro amor por um romance tão fofo que eu sorria feito idiota sempre que via/lia algo novo. Com o final do anime (para mim) e da segunda temporada de It Started With a Kiss (They Kiss Again), eu acabei me sentido orfã. Até que saiu a versão coreana e eu estava no auge das versões coreanas de tudo que já tinha visto (sim, prefiro os japas).

itstartedwithakisscast

Bom, para bom adorador de doramas coreanos, meio episódio basta. Mas eu ainda senti falta de alguma coisa nesta versão. Não sei, não conseguia ver a Kotoko na Ha Ni. Não como conseguia na versão feita pela Ariel. Mas convenhamos, os coreanos fazem o coração da gente bater mais rápido. Eu devo concordar (eu pelo menos concordo comigo mesma nesta afirmação).

Mas afinal, por que me animar tanto com uma nova versão, remake e japonesa?

Bom, é a minha chance de talvez ver a Kotoko e o Irie que sempre quis.

Passando na FUJI TV desde 29 de março, Love in Tokyo trouxe dois novos atores nas versões principais, que até agora, não conseguiram meu amor como Jung So Min e Kim Hyung Joon conseguiram pra versão coreana e Ariel e Joe conseguiram pra Taiwanesa. Eu não conheço muito os trabalhos de Honoka Miki (Kotoko) e Yuki Furukawa (Irie), mas nos videos que vi até agora, não senti que devo ir com o coração tão aberto. Um risco que corro é confiar nas trilhas sonoras e nos cortes feitos e achar que já devo desistir. Mas neste ponto todos sabem que não vou desistir porcaria nenhuma.

Enfim, para quem ainda não conferiu, já podem acompanhar a história na pele dos japas! (ok, eu confesso que fico animada com a oportunidade... tá, não animada, eu fico eufórica) E se for como eu espero, uma lágrima de coração partido vai descer com o último episódio, já batendo aquela saudade da história da boa e velha (não tão velha quando se foi) Kaoru sensei.

itazura tokyo

YouTube Preview Image

Fonte: aramatheydidnt